h1

vícios azuis

Agosto 21, 2007

«que horas serão para lá deste século?
onde estaremos neste momento?
estarei eu em ti ou serás tu que me devoras e comoves?

…teu nome, pronuncia teu nome para que seja impossível esquecer-me do meu. diz-me o teu nome de ontem, quando éramos o reflexo exacto um do outro. toca-me o rosto com o teu nome, ou pousa-o sobre as mãos; debruça-te para dentro de mim e deixa que o segredo do tempo fulmine os ossos...»

Al Berto

Anúncios

One comment

  1. Então, Helder, tudo fixe?
    Gostei imenso do que escreveste no rascunho em relação ao sul oeste.
    Um abraço grande, e os meus parabéns como de costume.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: