h1

do incomensurável

Julho 16, 2007

outra noite, dormias, olhei-te e pensei: ‘ela deve ser a vergonha de todos os espelhos. impossível fazê-la caber num reflexo’.

bathroommirror.jpg
Bathroom Mirror, Lora Shelley

Anúncios

2 comentários

  1. uma amiga disse para (te) vir espreitar e assim o fiz. este post fez-me lembrar as palavras do palma: “se eu fosse compositor compunha em teu louvor um hino triunfal, se eu fosse crítico de arte havia de declarar-te obra prima à escala mundial”.


  2. Desenho corações e estrelas neste blogue. Desenho abraços e saudade. Encho-me de tranquilidade porque sei que esta(i)s bem entregue(s) e que Lisboa toma bem conta de ti, de vocês. Desejo-… toda a sorte do mundo.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: