h1

do amor

Março 15, 2007

«O amor traça linhas entre nós como o astrónomo desenha uma constelação a partir das estrelas, ligando entre si pontos que formam planos que não têm qualquer base na natureza. (…) O amor é o único pescador perfeito, o que lança a rede maior, a que nenhum peixe consegue escapar. A sua recompensa é ficar sentado sozinho na taberna da vida, um eterno rapazinho no meio dos homens, esperando um dia poder contar a história daquele peixe que lhe escapou.»

Ian Caldwell e Dustin Thompson, in A Regra de Quatro (p. 180)

Anúncios

2 comentários

  1. helder, como está a ser isso no P?
    aproveita muito bem estes meses.
    luísa patrício


  2. olá luísa. ainda não está a ser. começo no final do mês. vou fazer por aproveitar ao máximo os escassos meses de estágio 😉 espero que esteja tudo bem contigo*beijo



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: