h1

2006 (3)

Janeiro 4, 2007

Como pude esquecer-me deste filme. Monumento ao cinema que me fez sentir, que me fez escrever.
O Novo Mundo. Grande, grande obra de 2006. Pelas mãos desse cineasta tão peculiar que é Terence Malick.

Anúncios

3 comentários

  1. Ah, por isso é que este post já vai na parte 3… É o que dá fazer listas! Tem algum jeito? E aposto que isto ainda há-de parar à parte 5 ou 6.
    As listas, as listas…

    Ai… 🙂


  2. olha olha. agora deu para dizer mal dos meus posts! 🙂
    vê se crias um blogue pá!


  3. Um filme genial. Três horas de imagens da mais singela beleza ilustradas com poéticas palavras.
    Abençoada escolha que fizemos naquela noite de Maio em que optamos pela cultura ao invés dos copos no Enterro 😉 . Se calhar, também teve alguma coisa a ver com a ressaca, já não sei 😀 . Mas foi uma óptima escolha à mesma…



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: